João Aleixo e seu processo de criação

Trabalho desenvolvido a partir da relação com objetos tem aberto novas perspectivas de criação para João Aleixo

“O Apalpe é um dispositivo que tem contribuido pra uma reflexão estética e política. Discutimos a palavra, o corpo e o território direcionados para a criação de um novo campo.

Um campo artístico que agregue o que não é considerado arte principalmente por questões políticas. E esse processo foi duro pra mim. Tive que reinventar minha relação com a cidade e com a arte.

Mas os procedimentos que são propostos nos ajudam nessa caminhada, nos ajudam a pensar o processo e nossa relação com esses elementos externos, os quais são fundamentais pra criação. 

Enfim, é uma boa estratégia pra aprender a negociar.” 

João Aleixo, estudante de cinema, representa o território do Flamengo no Apalpe.

Sobre alebizoni

Jornalista especializada em Mídia e Educação
Esse post foi publicado em Participante e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s