Cezar Migliorin filma e apalpa

Cezar Migliorin é professor da UFF

Cezar Migliorin, professor adjunto da Universidade Federal Fluminense (UFF), foi o convidado da Oficina de Linguagem do último encontro do Apalpe. 

O professor, que nos últimos anos teve seus trabalhos em vídeo apresentados em mostras na Tate Modern (Londres), Centre George Pompidou (Paris) e Museu Patio Herreriano (Espanha), conversou com os participantes do Apalpe sobre a criação de dispositivos em documentários.  

Segundo Migliorin, profissional premiado por seus trabalhos no Brasil e no exterior, na cena contemporânea do documentário sujeito e objeto não estão mais separados. Nesse contexto, o dispositivo surge como uma estratégia de criação.    

Como exemplo de documentário baseado em dispositivo, Migliorin exibiu um trecho do documento “Rua de Mão Dupla”, do artista mineiro, Cao Guimarães.     

“Rua de Mão Dupla” foi concebido inicialmente como videoinstalação para a 25ª Bienal Internacional de São Paulo, em 2002, cujo tema foi Iconografias Metropolitanas.

No documentário, três pares de pessoas que não se conhecem trocam de casa e com uma câmera nas mãos, as pessoas documentam sua experiência.     

A partir deste dispositivo, Cao Guimarães apresenta seu filme de tal forma que, por meio de depoimentos teoricamente sobre os outros, os personagens acabam fazendo uma “exposição de si” contida em imagens e depoimentos sobre os outros.     

Após discutir com a turma aspectos do documentário, como a montagem e o papel do realizador no resultado final da obra, o professor da UFF apresentou trabalhos seus, dentre os quais, o filme Ação e Dispersão.     

“O dispositivo é sempre um lugar de mediação. É aberto a novos elementos. O dispositivo não forma unidade. O dispositivo não tem um roteiro, deve ter uma abertura.”, completou Cezar Migliorin.     

Por fim, o professor da UFF apresentou trabalhos seus ao grupo, dentre os quais o vídeo “Ação e dispersão” — um homem e uma câmera, até o dinheiro acabar, jamais duas noites na mesma cidade.     

Conheça um pouco mais do trabalho de Migliorin:     

http://a8000.blogspot.com     

http://videodispositivo.blogspot.com/2005/07/o-disposivo-como-estratgia-narrativa.html     

http://artistasemideia.blogspot.com/2005/04/comentarios-sobre-o-projeto-por-cezar.html     

http://www.proppi.uff.br/ciberlegenda/be-stupid     

http://artistatrabalha.blogspot.com/     

Ação e Dispersãohttp://www.youtube.com/watch?v=KwTMiDRKCeM&feature=related  

Sobre alebizoni

Jornalista especializada em Mídia e Educação
Esse post foi publicado em Mediadores. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s