Ana Paula Lisboa, uma jovem escritora no Apalpe

Ana Paula representa o território do Engenho Novo

Ganhei o Guia, levei pra casa e fiquei babando por aquele romance, conferindo o email todo o dia pra saber se tinha passado.   

Agora o Guia Afetivo da Periferia vai ser tema da minha monografia em Letras no proximo semestre.  Me fascina a idéia de uma escrita periférica, que antes nunca tinha passado pela minha cabeça.     

Hoje eu ouso escrever “pra” ao invés de “para” nos meus textos e entendo o que o Manoel de Barros queria dizer quando escreveu : “todas as coisas cujo valor pode ser disputado no cuspe a distancia servem para poesia.” Pois para produzir narrativa nova é preciso elemento novo, a minha voz se tornou corpo e estou procurando forma pra todo o meu conteúdo.   

Usando procedimentos e dispositivos pra todo o tipo de escrita e até mesmo pra twittar. Sempre repassando, democratizando e repetindo, por que o centro está em toda a parte. ”    

Ana Paula Lisboa, 22 anos, moradora do Engenho Novo, educadora, estudante universitária de Letras e História e escritora.   

Seu blog: www.quandoeuresolvoescrever.blogspot.com
Seu  twitter: @aplisboa

About these ads

Sobre alebizoni

Jornalista especializada em Mídia e Educação
Esse post foi publicado em Participante e marcado , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Ana Paula Lisboa, uma jovem escritora no Apalpe

  1. Valcir disse:

    te achei…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s